Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miúda com 30

10
Mai22

A tua chegada em 18/4

Ti*

Vieste num imprevisto,

das mãos de alguém que desconheço,

mas que me está próximo,

a medo conheci-te ,

e já te amo,

tanto,

que chego a querer chorar,

sempre te ouço miar,

de cada vez que te alimento,

que me sujas de leite ou xixi,

estava tanto a precisar de ti,

e nem sonhava quanto...

 

08
Abr22

3 meses

Ti*

Estou tão feliz,
que nem tenho aparecido por cá,
são 3 meses de mimo,
sentando e dormindo no sofá. 

3 meses de sorrisos,
convívios ,
alguns medos, 
e maus vícios.

Estou preguiçosa,
muito caseira,
cozinheira, a ganhar de novo a mão,
recebendo e dando, tudo o que é meu de coração.

3 meses de ninho,
em que muitas das vezes não acredito,
no tanto que quis e consegui,
no tanto que esperei e hoje,
tenho o meu lar,
e é felicidade o que sinto.

Com vistas verdejantes,
habitações e empresas,
ninguém conheço aqui,
nem preciso sinceramente,
é bom viver assim,
estar aqui discretamente.

Fazer caminhadas,
explorar atalhos,
retomar rotinas,
sair apenas para os trabalhos.

Foi um mudar de vida,
sentindo o bom que é,
a decisão mais acertada,
tenho orgulho na minha jornada .

20
Mar22

Cansada / Desmotivada

Ti*

Fiquei presa nestas paredes,

delas não quero mais sair,

tudo faço para cá ficar,

ficar quieta e de tudo fugir.

 

O acordar que nunca tive,

é agora um tormento,

o despertador toca,

passam trinta, cinquenta, hora e meia,

pôr o pé no chão é um sofrimento..

 

O ginásio com aulas,

que amava frequentar,

hoje em dia dá-me agonia,

até de lá entrar.

 

Vou rebolar daqui a nada,

só quero fazer de comer,

tento focar no que é saudável,

mas preciso de me entreter.

 

Talvez esteja cansada,

por tanta coisa que foi acontecendo junta,

talvez apenas stressada,

com esta responsabilidade, muita.

 

Tenho o que mais queria,

um sonho realizei,

e mudou a minha vida,

para melhor ou pior é que ainda não sei.

16
Mar22

Um almoço

Ti*

Como duas pessoas comuns vamos juntos almoçar,

escolhemos os pratos,

guerreamos quem paga,

sentámo-nos a comer.

 

É vazio o que falamos,

mas é tão bom estar perto.

 

Pensar no que possível seria,

pensar no que não acontecerá.

Uma vida a dois,  sonhada,

já com horas e horas de sofá.

 

Entre garfadas e partilhas,

falamos de tudo um pouco,

os dois às escondidas,

sabe sempre a pouco.

13
Mar22

Ser obrigada

Ti*

 

 

Pelo meu feitio de merda,

odeio ser obrigada a fazer coisas que não quero,

comer o que não gosto,

sentir o que não é bom,

penso eu,  que todos os seres, sejam um pouco assim.

 

Porém, no meu longo percurso profissional,

aconteceram alterações grandes,

mudei de chefia, chefia da chefia e sub chefia,

ou seja tudo novo e a querer mandar como quer,

felizmente a subchefia, forma-nos e não nos desajuda.

Apenas esse se escapa.

 

Logicamente as mudanças são difíceis,

temos adaptações mútuas, 

é necessário dar o benefício da dúvida e não começar logo  ódios.

 

Bem tento, abro logo os braços, recebo bem,

mostro os cantos à casa e o sorriso,

mas hoje cerca de 4 mesinhos apenas depois, 

pimba, as garras são mostradas!

 

Sou obrigada a tirar horas,

das que dou quando é preciso,

porque assim decidem....

 

Sinto-me presa,

preciso de trabalhar,

mas gostava com bom ambiente continuar,

se é para ser obrigada,

vou estar sempre a stressar...

 

 

 

11
Mar22

Dia da Mulher

Ti*

Foi o nosso dia,

recordamos a avó, parabenizamos a mãe, 

e abençoamos as sobrinhas.

A mana e eu fizemos questão de mostrar,

amor, com palavras bonitas nos grupos.

Somos uma família unida , mesmo que distante.

Somos a essência de uma lutadora mulher que criou 9 filhos,

com o seu feitio,

com a sua mão,

com o seu suor e lágrimas.

Orgulho de ser neta, filha, sobrinha, afilhada,  irmã e tia .

 

 

 

 

22
Fev22

Fim

Ti*

Rasguei as memórias,

arranquei folhas de cadernos,

em que escrevemos sonhos,

não realizados,

formatei telemóveis, máquinas,  pens e uma vida.

 

Fui lentamente perdendo, 

o que me mantinha a ele ligada,

e no fim de tudo,

ali, de mim,  já não havia nada.

 

Desejo-lhe o melhor,

espero que encontre o que sempre quis,

mas em mim nada sobrou,

do que foi um casal feliz.

 

Separei as famílias,

e as moradas,

separei as mobílias

e deixei para trás as patadas...

 

O que me custa é mesmo isso,

ter o mesmo sofá e mantas, 

mas sem o mimo deles,

sem as suas peladas...

10
Fev22

Um mês

Ti*

Um mês,

trinta dias passados naquela casa,

naquela rua,

naquelas paredes,

agora mais coloridas e bonitas.

 

Maravilhoso sentir a liberdade,

o gosto que é ouvir a natureza.

Sinto-me a renascer,

o meu desejo de adolescente,

a minha e só minha, casa.

 

Convido amigos,

durmo acompanhada,

sou grata por ali estar,

e a ninguém dever nada.

 

Esforço só meu,

escolha independente,

venha quem vier maldizer,

fui eu que quis, digo sorridente.

 

Foram mil escolhas,

nenhuma com consulta,

foram mil concretizações, 

 sinto-me mais adulta.

 

Pensei ter medo de estar só,

mas a verdade é que não tenho,

saio, volto, vou, venho,

tudo no mesmo lugar,

é magnifico, até o pó.

 

Muitos dizem que se nota em mim,

a leveza, a felicidade,

mas orgulho é o que realmente sinto,

estou feliz de verdade.

 

 

 

09
Fev22

Satisfação

Ti*

Acordo serena,

calmamente,

ouço o galo e os pássaros lá fora,

espreguiço-me e colo os pés no chão,

é difícil sair da cama nestes dias frios.

Passo água gelada na cara e aperto o cabelo,

vou matar a fome,

adoro o meu pequeno-almoço com vistas verdejantes,

já não o trocava por nada.

Sinto satisfação de ver-me só,

estar no meu canto,

com as minhas coisas,

estou feliz,

sinto-me bem!

18
Jan22

Segunda semana

Ti*

De volta ao ginásio, ao trabalho,

de volta ao dia a dia num frenesim,

regressei ao meu posto de atendimento,

encontrei várias pessoas a torcer por mim.

 

Perguntaram-me se tive covid ,

pelos dias de ausência,

o bicho a mim não me pegava,

era demasiada impaciência.

 

Felicidade é o que respondo,

é o que sinto de verdade,

ter insónias por  três meses,

e ser agora realidade.

 

Venho de mais longe é verdade,

é mais difícil a logística,

mas contrariar o costume é bom,

e ensina-me a lidar com a crítica.

 

É para mim e chega,

é o meu cantinho 

para sossegar,

sorrir e chorar,

e quem comigo, vier ter,

só se for para acrescentar,

ou pode sair e a correr,

para não me chatear.

 

Vou ser feliz a valer ,

é nisso que estou a acreditar ,

um futuro bonito construir,

bem receber e acarinhar.

 

Uma cama xl ,

para com as 4 sobrinhas dormir,

luta de almofadas, 

partilhas e risadas,

memórias vamos aqui construir.

 

Quem sempre me apoiou,

obrigada de coração,

a quem julgou que não ia conseguir,

que se lixe a vossa opinião.

 

 

=)

Mais sobre mim

foto do autor

Exclusivo da Ti*

Gestão do blog

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D