Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miúda com 30

22
Fev22

Fim

Ti*

Rasguei as memórias,

arranquei folhas de cadernos,

em que escrevemos sonhos,

não realizados,

formatei telemóveis, máquinas,  pens e uma vida.

 

Fui lentamente perdendo, 

o que me mantinha a ele ligada,

e no fim de tudo,

ali, de mim,  já não havia nada.

 

Desejo-lhe o melhor,

espero que encontre o que sempre quis,

mas em mim nada sobrou,

do que foi um casal feliz.

 

Separei as famílias,

e as moradas,

separei as mobílias

e deixei para trás as patadas...

 

O que me custa é mesmo isso,

ter o mesmo sofá e mantas, 

mas sem o mimo deles,

sem as suas peladas...

10
Fev22

Um mês

Ti*

Um mês,

trinta dias passados naquela casa,

naquela rua,

naquelas paredes,

agora mais coloridas e bonitas.

 

Maravilhoso sentir a liberdade,

o gosto que é ouvir a natureza.

Sinto-me a renascer,

o meu desejo de adolescente,

a minha e só minha, casa.

 

Convido amigos,

durmo acompanhada,

sou grata por ali estar,

e a ninguém dever nada.

 

Esforço só meu,

escolha independente,

venha quem vier maldizer,

fui eu que quis, digo sorridente.

 

Foram mil escolhas,

nenhuma com consulta,

foram mil concretizações, 

 sinto-me mais adulta.

 

Pensei ter medo de estar só,

mas a verdade é que não tenho,

saio, volto, vou, venho,

tudo no mesmo lugar,

é magnifico, até o pó.

 

Muitos dizem que se nota em mim,

a leveza, a felicidade,

mas orgulho é o que realmente sinto,

estou feliz de verdade.

 

 

 

09
Fev22

Satisfação

Ti*

Acordo serena,

calmamente,

ouço o galo e os pássaros lá fora,

espreguiço-me e colo os pés no chão,

é difícil sair da cama nestes dias frios.

Passo água gelada na cara e aperto o cabelo,

vou matar a fome,

adoro o meu pequeno-almoço com vistas verdejantes,

já não o trocava por nada.

Sinto satisfação de ver-me só,

estar no meu canto,

com as minhas coisas,

estou feliz,

sinto-me bem!

03
Fev22

Deixa-me

Ti*

Deixa-me agarrar a tua mão enquanto conduzes,

deixa-me beijar os teus lábios na rua,

deixa-me sentir o teu calor de mãos dadas,

deixa-me  admirar o teu estilo, fazendo uma carícia no teu rosto,

deixa-me apertar-te rabo,

chupar-te quando der vontade,

permite-me estar ao pé de ti mais vezes,

deixa-me ser por ti e por nós, além quatro paredes.

Deixa-me ser um pouco mais,

ou não me deixes ter-te nunca mais.

Mais sobre mim

foto do autor

Exclusivo da Ti*

Gestão do blog

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos de Autor

Todos os textos constantes neste blog são originais e constituem propriedade intelectual de quem os escreve, sendo que todas as referências a outros autores serão devidamente identificadas. Reprodução dos textos constantes neste blog, apenas mediante citação da fonte e do autor. Em caso de plágio, medidas serão tomadas, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2003, de 5 de Março.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D